Profissão Engenheiro Estrutural: tudo o que você precisa saber

885 0

A Engenharia Estrutural é um ramo das engenharias que utiliza o cálculo estrutural para o dimensionamento de projetos.

O Engenheiro Estrutural, muitas vezes chamado de Engenheiro de Estruturas ou Engenheiro Calculista, calcula as reações, os esforços e as deformações e dimensiona as peças necessárias para suportar esforços em alguma estrutura em conformidade com as normas técnicas.

Dentro da Engenharia Civil, por exemplo, um Engenheiro Estrutural utiliza o cálculo para projetar a estrutura de diversas obras como estradas, edifícios, aeroportos, túneis, barragens, pontes e sistemas de abastecimento de água e tratamento de esgoto.

O objetivo primordial do calculista é dimensionar uma estrutura que não entre em colapso e não se deforme ou vibre excessivamente.

Dentro dos limites definidos pelas normas técnicas, o Engenheiro Estrutural almeja o melhor uso dos materiais disponíveis e o menor custo possível de construção e manutenção da estrutura.

Formação

A formação básica da Engenharia Estrutural é a Engenharia. Portanto, todos os Engenheiros Estruturais inicialmente são formados em alguma engenharia baseada fortemente em cálculo e física, como a Engenharia Civil, a Mecânica, a Naval, a Aeronáutica, e outras.

Dessa forma, não existem somente Engenheiros Estruturais de construções, mas também os que calculam, por exemplo, a estrutura de aviões, navios e automóveis.

Para um Engenheiro Estrutural de construções, como obras civis, de infraestrutura, edifícios e pontes, a formação básica é a Engenharia Civil.

No entanto, o conhecimento necessário para se tornar um Engenheiro Estrutural vai muito além da formação inicial como Engenheiro Civil.

O profissional deve buscar experiência prática com engenheiros que já trabalham no ramo e se especializar na área através de cursos e capacitações.

Mercado de Trabalho

O mercado de trabalho oferece ótimas oportunidades no momento atual, principalmente devido ao boom de construções e obras de infraestrutura e a falta de profissionais específicos e capacitados na área.

Recentemente, a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) reviu a expectativa de alta do Produto Interno Bruto (PIB) da construção civil para 5%. A previsão anterior era de 4% no ano. Se a previsão for confirmada, será o melhor desempenho desde 2012.

Esse percentual foi revisto porque houve mudança favorável em diversos pontos, inclusive na geração de empregos.

E apesar do alto índice de desemprego no Brasil – 14,4 milhões de desempregados, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) –, o mercado de trabalho formal da construção vem se destacando com resultados positivos há oito meses consecutivos.

Além disso, a pesquisa Sondagem Indústria da Construção, divulgada na segunda-feira (25/10) e realizada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) com o apoio da CBIC, mostra que todos os segmentos do setor construtivo estão com o nível de atividade acima da sua média histórica, e se destacam as obras de edifícios e de infraestrutura, onde a Engenharia Estrutural é bastante demandada.

Como ser um bom Engenheiro Estrutural

As estruturas devem ser capazes, além de suportar o próprio peso, de lidar com as condições em que são construídas.

Por exemplo, uma casa no Canadá deve ter um telhado que suporte o peso de neve pesada e um estádio na Califórnia deve ser capaz de resistir a terremotos.

No Brasil, não temos terremotos e grandes nevascas, no entanto, as condições do terreno, do vento, da água e volume de tráfego são fatores que devem sempre ser analisados.

Os Engenheiros Estruturais devem considerar todos esses fatores e fornecer consultoria técnica sobre o projeto.

Atuar na área de engenharia de estruturas não exige apenas conhecimento sobre cálculo estrutural, mas sim, além disso, o profissional precisa de atualização constante sobre as normas técnicas e softwares.

Grandes nomes para se inspirar

  • Gustave Eiffel, Engenheiro Estrutural que projetou a Torre Eiffel, um símbolo mundial da engenharia estrutural.
  • William Frazier Baker, Engenheiro Estrutural que projetou o Burj Khalifa, maior arranha-céu do mundo.
  • Joaquim Cardozo, um dos maiores nomes da Engenharia Estrutural brasileira, que projetou a Catedral Metropolitana de Brasília e os palácios da capital federal.

Quer aprender o passo a passo para se tornar um Engenheiro Estrutural?

Inscreva-se no aulão exclusivo do Canal da Engenharia com o professor Emanuel Dantas, Engenheiro civil e especialista em estruturas de concreto e fundações que atua há mais de 5 anos com projetos estruturais residenciais e comerciais.

Para se inscrever, clique aqui.

Fontes:

Construção civil prevê alta de 5% no PIB, a maior em 10 anos. Metrópoles. Outubro, 2021.

What Is Structural Engineering? LiveScience. Setembro, 2014.

Deixe uma resposta