Pesquisa aponta que faltarão 11,9 milhões de casas para brasileiros

119 0

Entre 2020 e 2030, serão necessários 11,9 milhões de casas para cobrir a demanda das famílias brasileiras. Os dados foram divulgados esse ano pela Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc), em relatório.

A Associação mostra que, até 2019, a dimensão absoluta do chamado Déficit Habitacional alcançou 7,8 milhões de unidades. Isso corresponde a 9,6% do total de domicílios existentes no país no ano.

Esse chamado Déficit Habitacional corresponde ao número de moradias brasileiras que entram em alguns subcomponentes, como as rústicas, improvisadas, ou com apenas um cômodo, por exemplo.

Os dados mostram, no entanto, que há bastante espaço para a expansão do setor da construção civil, que é um dos maiores empregadores tanto diretamente quanto nas cadeias produtivas.

Demanda específica

A maior parte da demanda habitacional para os próximos anos está entre as famílias que recebem entre 1 a 3 salários mínimos. A expectativa é que essas famílias demandem 5,2 milhões de residências, representando 44,4% do total.

Já entre as famílias que recebem de 3 e 10 salários mínimos, a demanda pode responder à 1/3 do total de residências, e para a faixa de renda superior a 10 salários, é esperada uma demanda de 6% das moradias.

Esses números podem ajudar as construtoras a planejar as moradias e conjuntos residenciais para os próximos anos, e devem nortear o governo no desenvolvimento dos programas habitacionais.

Fontes:

ABRAINC – Estudo técnico dedicado à atualização das necessidades habitacionais 2004-2030. Nov, 2020.

Quintino, L. Faltarão 11,9 milhões de casas para brasileiros. Reportagem/Veja. Em: https://veja.abril.com.br/economia/faltarao-119-milhoes-de-casas-para-brasileiros/, Março, 2021.

Deixe uma resposta