Ferramenta inovadora pode ajudar a Construção Civil a lidar com as mudanças climáticas

116 0
enchente

Será que sua obra pode enfrentar uma enchente que não se via há 100 anos?

Ou, se você está construindo no litoral, será que seu projeto pode sofrer com a elevação do nível do mar?

Para ajudar os construtores locais a responder essas questões, as autoridades ambientais de Massachusetts (Estados Unidos) lançaram uma nova ferramenta online de planejamento de mudanças climáticas.

A nova plataforma recebeu o nome de Climate Resilience Design Standards Tool, em português algo como Ferramenta de Padrões de Projeto de Resiliência Climática.

Inicialmente, ela foi projetada para auxiliar nas obras municipais, no entanto, a ferramenta é gratuita para uso pelo público, incluindo empreiteiros, construtores e desenvolvedores do estado.

Mas como isso funciona?

Embora com um nome um tanto complexo, a ferramenta é, na verdade, muito simples.

Essa plataforma pode ser usada para avaliar a construção de tudo, desde novas estradas e pontes até edifícios.

Com cerca de 10 minutos, o usuário preenche várias informações sobre a sua obra, como a localização, a expectativa de vida, seu custo e sua finalidade, bem como especificações extras sobre se a construção aumentará a área impermeável do local e se árvores próximas serão removidas, por exemplo.  

Com essas informações fornecidas pelo usuário e com os algoritmos e banco de dados da plataforma, o construtor recebe um feedback sobre o nível de risco que a obra pode enfrentar nos próximos anos e décadas devido às mudanças climáticas, como elevação dos rios e oceanos, enchentes ou calor extremo.

Mia Mansfield, diretora de adaptação e resiliência climática do Escritório Executivo de Energia e Assuntos Ambientais de Massachusetts, salienta que: “É para ser uma ferramenta de planejamento e um sinalizador preliminar de risco climático”.

Para ajudar ainda mais, a ferramenta ainda faz recomendações sobre como a obra pode se tornar mais segura e resistente às mudanças climáticas que podem ocorrer, seja construindo um quebra-mar, colocando peças mecânicas sensíveis, ou esquemas para proteger a construção de inundações.

Se você quiser saber mais sobre a ferramenta, é só acessar esse link.

Futuro promissor

Embora a ferramenta seja exclusiva para uso do estado de Massachusetts, ela pode ser o pontapé inicial para que outros estados e até outros países desenvolvam sistemas semelhantes.

O Brasil, por exemplo, enfrenta inundações e enchentes recorrentes, e estudos já mostram que a elevação do nível dos oceanos pode ultrapassar 1,6 metro até o fim do século, com consequências desastrosas principalmente para as populações costeiras.

Dessa forma, uma ferramenta assim poderia auxiliar as construtoras a tornar as obras brasileiras bem mais resilientes às mudanças do clima.

Fontes:

Massachusetts Launches Climate Change Tool. Engineering News-Record. Em: https://www.enr.com/articles/51800-massachusetts-launches-climate-change-tool

Elevação do nível dos oceanos exige políticas de longo prazo. FAPESP/revista. Em: https://agencia.fapesp.br/elevacao-do-nivel-dos-oceanos-exige-politicas-de-longo-prazo/30057/.

Deixe uma resposta