Como será a Engenharia Civil do futuro?

209 0
capacete

Saiba o que você deve aprender e esteja preparado.

A palavra do presente e do futuro é gestão.

Construções rápidas, sustentáveis, eficientes, organizadas e totalmente conectadas. Porém, para que isso aconteça, a necessidade é de trabalhadores cada vez mais atualizados e capacitados, com habilidades diferenciadas.

Segundo uma pesquisa recente de uma das maiores empresas mundiais de recrutamento e seleção, tudo indica uma retomada grande em 2021 e nos próximos anos no crescimento da indústria da construção civil brasileira.

Com esse crescimento, aumentará também a demanda por profissionais da área.

No entanto, a previsão é que algumas habilidades técnicas específicas serão as mais demandadas dentro da área de engenharia, onde se destacam conhecimentos em gestão, inovação/tecnologia e sustentabilidade.

Para que você esteja preparado, separamos 4 aprendizados essenciais para essa nova era da construção civil.

✔ Aprender sobre gestão de obras

A gestão de obras e projetos nunca foi tão demandada e tão importante quanto atualmente.

Contratar mão de obra, planejar o orçamento da obra com todos os detalhes, fazer valer o cronograma, definir e cumprir metas, tudo isso têm se mostrado efetivo para garantir a eficiência dos projetos.

Nesse sentido, alguns softwares de gestão estão otimizando e muito o processo de gerir uma obra. Esses programas incluem gerenciamento de empreiteiros gerais, subcontratados, gestão financeira, contabilidade, folha de pagamento e operações de serviço, tudo em um banco de dados centralizado.

MS-Project, por exemplo, é muito utilizado para quem trabalha com gerenciamento de projetos, pois você pode relacionar e acompanhar os prazos, os recursos e os custos de toda a obra.

Outro exemplo é o Sienge, uma excelente ferramenta para as construtoras, e tem uma grande variedade de recursos, desde orçamento da obra até estratégias de vendas e marketing.

✔ Aprender a usar diferentes softwares

Falando em softwares, os engenheiros sabem a importância de aprender a usar diferentes ferramentas na hora de dimensionar uma obra.

Cálculo estrutural, dimensionamento, desenhos 3D, as ferramentas digitais podem dar mais velocidade e otimizar essas tarefas diárias. AutoCad, Sketchup, SolidWorks, por exemplo, já são famosos e muito utilizados por engenheiros para criar projetos em 2D e 3D, simular estruturas e até trabalhar com projetos hidráulicos e elétricos.

Mas indo mais além, alguns softwares mais recentes têm ganhado destaque na construção civil por serem fundamentadas na tecnologia BIM (Building Information Modeling, ou, Modelagem da Informação da Construção).

Essas ferramentas com conceito BIM, não só modelam os projetos e suas estruturas, mas também permitem integrar outras informações da obra como material de construção e custos, além de permitir a colaboração de diferentes profissionais.

O Revit, da Autodesk (mesma desenvolvedora do AutoCad), o Eberick da AltoQi, o TQS e o Cypecad são excelentes ferramentas pautadas na tecnologia BIM para você começar a aprender agora mesmo. Afinal, a tecnologia BIM promete ser o futuro da construção civil.

✔ Aprender programação

A linguagem de programação é baseada, dentre outras coisas, em lógica, incluindo a lógica matemática, e o engenheiro tem uma base matemática bastante explorada nos 3, 4 ou 5 cálculos cursados na graduação.

A matriz curricular clássica da engenharia até nos traz disciplinas relacionadas à programação, no entanto, aprender mais profundamente as linguagens de programação e até saber programar pode não só ser uma habilidade diferencial para o engenheiro do futuro, mas também aprimorar o pensamento lógico e a resolução rápida de problemas.

Mas o que eu devo aprender, exatamente?

Linguagens como PythonJavaMatlab, C e C++, por exemplo, são muito utilizadas no desenvolvimento de algoritmos e softwares de engenharia.

Outra linguagem útil é a Visual Basic for Applications (VBA), utilizada no Excel da Microsoft, e que pode ser explorada se o intuito for criar planilhas diferenciadas e mais completas, como planilhas orçamentarias por exemplo.

✔ Aprender sobre sustentabilidade

A construção civil está entre as áreas que mais consome recursos naturais e gera resíduos do planeta.

A Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (ABRELPE) estima que só a construção civil brasileira produza cerca de 122 toneladas de resíduos todos os dias.

Reduzir o desperdício e reutilizar materiais, bem como recursos, como a própria água, é imprescindível quando se fala em sustentabilidade.

O setor da construção já está em alerta a respeito disso, e há muita coisa sendo pesquisada na área construções sustentáveis.

Algumas tendências para você ficar de olho são: gestão de resíduos, biomateriais (como o bioconcreto), nanomateriais e até mesmo energias alternativas que podem ser usadas para aumentar a eficiência energética da obra.

Uma construção civil inovadora, competitiva e eficiente depende de uma força de trabalho cada vez mais competente.

Algumas profissões já aparecem em destaque e se encaixam nos engenheiros do futuro, como gestor de obra, gerente de risco, engenheiro de inovação, gerente de projetos, engenheiro de aplicação. Essas são só algumas das posições que prometem ser essenciais nos futuros escritórios de engenharia civil.


Referências

ABRELPE. Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil. Em: https://abrelpe.org.br/download-panorama-2018-2019/.

Berglund, E.Z.; Monroe, J.G.; Ahmed, I.; Noghabaei, M. Pesantez J.E.,Levis J. Smart infrastructure: A vision for the role of the civil engineering profession in smart cities. J. Infrastruct. Syst. Smart Infrastructure.  2020.

Akyazy, T.; Alvarez, I.; Alberdi, E.; Oyarbide-zubillaga, A.; Goti, A.; Bayon, f. Skills needs of the civil engineering sector in the european union countries: Current situation and future trends. Applied Sciences (Switzerland). 2020.

Rivera, F.M.; Hermosilla, P.; Delgadillo, J.; Echeverría, D. The Sustainable Development Goals (SDGs) as a Basis for Innovation Skills for Engineers in the Industry 4.0 Context. Sustainability. MDPI. Open Access Journal. v.12, 2020.

Robert Half Recrutamento. Guia Salarial 2021. Em: https://www.roberthalf.com.br/guia-salarial

Deixe uma resposta