Affirmation Tower: torre “invertida” é proposta para Nova York

1011 0

A empresa de arquitetura britânica Adjaye Associates propôs um arranha-céu de 507 metros para Manhattan, Nova York, que teria a altura do telhado mais alta não apenas na cidade das torres, mas também de todo o hemisfério ocidental.

A ‘Affirmation Tower’ ainda não recebeu permissão de planejamento, mas já está em grande parte dos noticiários principalmente pelo seu design “invertido”.

A proposta é a construção por uma série de cantiléveres escalonados em um terreno de 4.900 m² próximo ao Hudson Yards, a oeste da seção Midtown de Manhattan.

A área de base da torre aumentaria conforme sua altura, e o topo se estenderia cinco vezes mais do que a base, permitindo espaço para dois hotéis e um rinque de patinação.

O plano é que o prédio abrigue escritórios comerciais e a sede da Associação Nacional para o Progresso das Pessoas de Cor (NAACP).

O desenvolvedor do esquema é a Peebles Corporation, e o empreiteiro seria a McKissack & McKissack, uma empresa de construção pertencente a uma minoria e propriedade de mulheres.

O site de notícias do Commercial Observer observa que, se for adiante, será o primeiro prédio da cidade de Nova Iorque construído por uma equipe de arquitetos, desenvolvedores, credores e construtores negros.

Don Peebles, o presidente-executivo da Peebles Corporation, disse em um comunicado: “Este projeto é emblemático da verdadeira equidade no desenvolvimento. Um símbolo para todos que visitam Nova York, cimentando em tijolo e argamassa que a cidade leva a sério a inclusão econômica.”

Fonte:

All-Black team proposes “tallest building in Western hemisphere” for Manhattan. Global Construction Review. Agosto, 2021.

Deixe uma resposta