A maior fábrica de grafeno da América Latina é brasileira

878 0

No início de julho deste ano, a comitiva presidencial brasileira participou da inauguração da UCSGRAPHENE, localizada em Caxias do Sul (RS).

É a primeira e maior planta de produção de grafeno em escala industrial da América Latina instalada por uma universidade.

A planta já opera desde março de 2020, e possui uma tecnologia conquistada durante 15 anos de pesquisa avançada em nanomateriais pela Universidade de Caxias do Sul (UCS).

A UCSGRAPHENE tem capacidade instalada de produção de 500 kg/ano, e pode ser ampliada para 5 mil kg/ano, e promete abastecer os mercados nacional e internacional com grafeno.

O grafeno

Pó de grafeno. Fonte: UCSGRAPHENE/divulgação.

O grafeno é um cristal formado por átomos de carbono, e corresponde a uma única camada atômica de grafite, ou seja, é a camada mais fina de grafite possível, formando uma estrutura hexagonal.

Quando essa única camada de grafeno é enrolada em uma estrutura de cilindro, temos o chamado nanotubo de carbono.

Materiais como esses, por serem nanométricos, apresentam propriedades físicas, químicas e biológicas únicas. Devido à alta resistência da ligação química carbono-carbono, esses materiais exibem propriedades mecânicas muito altas.

Os nanomateriais já são aplicados na fabricação de tintas anticorrosivas e autolimpantes, tecidos, capacetes, concreto e aço para a construção civil, baterias, e muitos outros materiais.

Programa InovaGrafeno

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, instituiu o Programa de Inovação em Grafeno, o InovaGrafeno-MCTI, por meio da Portaria n° 4.964 publicada no Diário Oficial da União dia 12 de julho.

O programa é uma das estratégias da Iniciativa Brasileira de Nanotecnologia (IBN) e funcionará como vetor nacional para o desenvolvimento do grafeno e da próxima geração dos materiais 2D à base de carbono.

O Brasil conta com um terço das reservas de grafite e aproximadamente 97% do Nióbio mundial, outro material importante para a ciência e tecnologia brasileira.

Fontes:

Brasil ganha a primeira e maior fábrica de produção de grafeno da América do Sul, capaz de produzir até 5000 Kg por ano, que junto com o nióbio vai revolucionar o destino da humanidade. Em: clickpetroleoegas.com.br. Julho, 2021.

Governo Federal. Criado Programa de Inovação em Grafeno. Em: gov.br/pt-br/noticias/educacao-e-pesquisa/2021/07/criado-programa-de-inovacao-em-grafeno. Julho, 2021.

Deixe uma resposta