A China está limitando a construção dos edifícios “arranha-céus”

822 0

No fim de outubro, o governo chinês anunciou que os arranha-céus com mais de 150 metros não poderão ser construídos em cidades com populações de menos de três milhões de pessoas.

O país abriga alguns dos edifícios mais altos do mundo, incluindo a Shanghai Tower, prédio mais alto do país, com 632 metros e 128 andares.

O motivo

A decisão faz parte de uma licitação maior para reprimir projetos por “vaidade”.

Relatórios locais também questionaram a necessidade de cidades de baixa densidade construírem arranha-céus, sugerindo que foram construídos por vaidade e não por praticidade.

Segundo as novas regras, cidades maiores poderão ter prédios de até 250 metros.

O governo esclareceu que é possível pedir autorizações excepcionais para construções acima de 150 metros em cidades menores.

No entanto, em nenhuma circunstância cidades com menos de três milhões de habitantes poderão construir acima de 250 metros.

Já existe uma proibição existente para edifícios com mais de 500 metros.

“Estamos em um estágio em que as pessoas são impetuosas e ansiosas demais para produzir algo que possa realmente entrar para a história”, disse Zhang Shangwu, vice-diretor da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de Tongji, ao South China Morning Post.

“Cada edifício tem como objetivo ser um marco, e os desenvolvedores e planejadores urbanos tentam atingir esse objetivo indo ao extremo em termos de novidade e estranheza.”

Maiores prédios do país

A China conta com mais de 60 “supertalls”, os edifícios com mais de 300 metros de altura.

Fonte:

China limits construction of ‘super high-rise buildings’. BBC News. 28 de outubro, 2021.

Fotos:

Shanghai Tower: Stefan Fussan, CC BY-SA 3.0 https://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0, via Wikimedia Commons;

Ping An Finance Centre: Mx. Granger, CC0, via Wikimedia Commons

Guangzhou CTF Finance Centre: PQ77wd, CC BY-SA 4.0 https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0, via Wikimedia Commons.

Deixe uma resposta